23/03/2017: você tem um compromisso nessa data!

Há quase 100 anos, no dia 8 de março, comemoramos o Dia Internacional da Mulher. Porém, nós do Grupo Mulheres Empreendedoras do Sul acreditamos que um dia apenas é pouco para comemorar quem somos e nossa importância para a sociedade, por isso resolvemos planejar atividades comemorativas durante todo o mês de março. Hoje gostaríamos de te contar especialmente sobre duas delas!

Estamos fazendo a segunda edição da campanha “Com que bolsa eu vou?”, que foi um sucesso no ano passado. A campanha tem como propósito convidar a mulher a separar uma bolsa sua em boas condições de uso, “rechear” a bolsa com itens que todas nós gostamos (vale esmalte, maquiagem, carteira, lixa de unha, espelho, prendedor de cabelo, etc) e escrever um recadinho carinhoso para a destinatária do presente. Nossa ideia é a de que a mulher que receber a bolsa sinta-se motivada a seguir em frente o seu caminho, sabendo que existem outras tantas mulheres dispostas a se ajudarem mutuamente. O Grupo Mulheres Empreendedoras do Sul, em parceria com a Prefeitura Municipal de Pelotas, se encarregará de fazer a entrega das bolsas arrecadadas para mulheres em situação de vulnerabilidade social. Na ocasião da entrega, acontecerá um evento planejado com muito carinho para elas, levando informação, esclarecimento, promovendo a autoestima e encerrando com a entrega das bolsas.

Além de ser uma oportunidade única para você impactar positivamente a vida de alguém sem precisar de muito esforço, é uma ocasião para que possamos fazer um faxinão nos nossos pertences e repassar o que temos em condições de uso, mas não temos mais interesse em usar, para pessoas que realmente estão precisando. Gostou da ideia? Os postos de arrecadação serão as secretarias de Cultura, Educação, Assistência Social, Saúde, Habitação e Segurança, bem como no Paço Municipal (confira os endereços clicando aqui) e estarão recebendo as doações entre os dias 01 e 31 de março. Para maiores informações, acesse e divulgue nosso evento no Facebook (clique aqui).

Nossa grande atividade presencial do mês de março será no dia 23/03/2017, por isso salientamos que você tem um compromisso nessa data!

Nesses últimos meses de caminhada, temos conversado com diversas mulheres, de várias idades, atividades e regiões, mas temos percebido em todas um sentimento muito forte: a busca por dar um sentido especial na sua vida e na sua história.

São mulheres querendo mudar suas vidas, suas famílias, suas carreiras e o mundo em que vivem. São mulheres como eu e como você, que trazem no coração uma necessidade de fazer a diferença e não ficar apenas assistindo aos dias passarem.

Pensando nesse sentimento, preparamos uma noite incrível para todas nós. Uma noite que reúne espaço para networking, mas também momentos de reflexão e aprendizado. As atividades terão início às 17h, com a nossa tradicional troca de cartões de visita, conforme acontece mensalmente em nosso evento Diversas. No mês de março as ações estarão todas unificadas nesse mesmo dia, a fim de congregarmos o maior número possível de mulheres empreendedoras da cidade e da região. Após esse espaço, passaremos ao momento das palestras. Às 19h começaremos com uma mesa redonda, conduzida pelas quatro responsáveis pelo Grupo Mulheres Empreendedoras do Sul, falando sobre a importância de as mulheres se organizaram em rede, com o tema “Rotas para mulheres empreendedoras”.

Logo após, a coach e especialista em negócios femininos Renata Werner irá abordar os negócios femininos no mundo digital: “A Internet como sua ferramenta de realizar sonhos…”. Renata Werner é porto-alegrense, Coach Especialista em Negócios Digitais Femininos, certificada pela Sociedade Brasileira de Coaching, Graduada em Administração de Empresas e absolutamente apaixonada por marketing digital, e que desenvolveu seus programas de desenvolvimento “Mulher StartUP!”, inspirando mulheres a descobrirem seu potencial empreendedor, a utilizarem seus talentos únicos para criar um negócio com significado e alinhado ao seu estilo de vida, valendo-se do poder da Internet para impactarem mais pessoas e serem donas do seu próprio tempo. Ela já esteve conosco em um workshop online no ano passado, intitulado “Como manter-se motivada na vida e nos negócios” (para assistir novamente, clique aqui).

Para encerrar a noite, teremos uma presença muito especial conosco: a escritora e empreendedora Paula Quintão, destacando o papel da mulher no mundo e sua forma de empreender em diferentes esferas: “Sobre nós Mulheres e Sobre ser Possível Empreender Nossos Sonhos, Nossos Negócios e Nossas Vidas”. Paula Quintão é mineira, escritora e empreendedora. Criadora da Escola de Rumos, da Editora Suban A Los Techos, do Portal Coragem para Empreender. Mestre em Ciência da Informação. Doutora em Sustentabilidade. Mãe da Clara. Autora de Para Sempre Um Novo EU (2012), mais de 5 livros digitais, e Caminho Que As Estrelas Me Viram Cruzar (2016). Para conhecer a Paula, assista ao vídeo que ela fez convidando a todas para esse dia especial (clique aqui) e acesse o site (clique aqui).

Nossa noite mágica será realizada no Pelotas Parque Tecnológico (Av. Domingos de Almeida, 1785 – Pelotas/RS), que é um grande apoiador das ações do Grupo Mulheres Empreendedoras do Sul. O evento também é realizado em parceria com a InCompany Soluções Empresariais, nosso patrocinador master. A InCompany Soluções Empresariais atua há 7 anos no mercado de Pelotas e Região, prestando serviços com qualidade e comprometimento na área de Gestão de Pessoas. Seus principais serviços são recrutamento e seleção de pessoal, avaliação psicológica, agente de integração de estágios, consultoria em gestão de pessoas, financeiro e processos. O time de profissionais da InCompany é composto basicamente por mulheres, que possuem competência e foco em proporcionar resultados satisfatórios para os clientes. Para conhecer mais sobre a empresa, acesse o site clicando aqui e conheça a página no Facebook clicando aqui.

Para adquirir ingressos para nosso grande evento, acesse esse link. Convide suas amigas e fique por dentro das informações acessando nosso evento no Facebook (link aqui).

Incrível, não? Contamos com sua participação para que o nosso mês da mulher seja um sucesso! Esperamos que você possa transformar seus sonhos em realidade e estamos aqui pra te ajudar nessa jornada. Faça sua doação para a campanha! Garanta sua presença no evento do dia 23/03!  Juntas somos mais fortes!

Anúncios

4 desafios que vão ajudar você a poupar em 2017

O início de um novo ano traz consigo muita vontade de fazer a diferença. Nas nossas listas de resoluções de final de ano, não raro constam ações como: “emagrecer 10kg”, “trocar de emprego”, “morar sozinha”, “economizar para comprar uma casa”, “viajar para tal lugar”. No fundo, nossas listas são carregadas de anseios de mudanças de hábitos que estamos carregando desde muito tempo, pois sabemos que precisamos nos livrar deles. Sendo assim, nada mais oportuno que um ano novinho, cheio de expectativas e possibilidades para que possamos nos encorajar a assumir novos compromissos com nós mesmas, que sabemos que podem impactar nossas vidas de modo grandioso. Na semana passada escrevi um post sobre elaboração de plano de negócios (clique aqui para acessar), que sugiro que você leia caso esteja na sua listinha algum item relacionado a trabalhar de forma autônoma, abrir um negócio ou trocar de profissão. Precisamos nos preparar para os objetivos que almejamos para 2017, certo?

No post dessa semana, gostaria de abordar um assunto que geralmente faz parte das nossas preocupações diárias (e se não faz, deveria fazer!): o hábito de poupar dinheiro. Esse é um comportamento que geralmente se faz necessário para atingir as metas que colocamos na nossa listinha de resoluções para o ano que se inicia. Quando se trata de economizar, observamos que, para algumas pessoas, isso é um comportamento natural. Elas são ligadas no valor do dinheiro e geralmente avaliam na hora de comprar alguma coisa qual o impacto aquilo terá no seu orçamento, eventualmente deixando de comprar algo quando percebem que pode ter impacto, mesmo que seja em longo prazo. Por outro lado, algumas pessoas têm sérias dificuldades com planejamento financeiro. São influenciadas por necessidades mais imediatas e caem facilmente nas armadilhas de compra por impulso, o que, caso aconteça repetidamente, pode comprometer planos futuros.

Historicamente, sabemos que o brasileiro tem uma cultura de não ter um bom relacionamento com o dinheiro quando o assunto tem a ver com poupar, investir, consumir e tomar crédito.

Os profissionais de marketing e do mercado financeiro também sabem disso, o que nos coloca muitas vezes em situações difíceis! Somado a isso temos expressivos índices de desemprego, salários baixos e produtos da cesta básica de consumo altamente influenciados pela inflação, o que realmente torna o cenário um pouco complicado.

Levando em consideração todos esses fatores, o blog Mulheres Empreendedoras do Sul traz quatro opções práticas, em forma de desafios, que podem lhe ajudar a poupar em 2017. Desafios são exercícios autoaplicáveis que convidam você a mudar hábitos e que vem ganhando espaço no universo online. Na internet é possível achar desafios para emagrecer, fotografar, comer melhor, para comemorar aniversários de namoro, e, porque não, para E-CO-NO-MI-ZAR. Apresentamos hoje aqui quatro desafios para suas finanças pessoais, que mais do que a economia em si ou a concretização de um sonho, vão te ajudar a ter mais disciplina, autocontrole e melhorar sua relação com o dinheiro. Vamos adiante?

1) Pote dos sonhos

pote-de-dinheiro1

O pote dos sonhos é indicado para iniciantes nas práticas de economizar dinheiro. É bem simples, e pode ser bastante motivador com o passar do tempo. Sugere que você separe um pote (não muito pequeno, seja confiante na sua capacidade!), identifique-o como “pote dos sonhos” (o apelo visual faz milagres no nosso cérebro, podem acreditar!) e periodicamente faça um pequeno sacrifício deixando de comprar algo e “depositando” o dinheiro no pote. Isso vai de coisas bem pequenas, como por exemplo, deixar de comprar uma garrafinha de água mineral quando está na rua se pode carregar sua própria garrafinha consigo ou passar em algum local e tomar água sem custo. Esse valor, ao chegar em casa, deve ser depositado no pote dos sonhos. Estou aqui falando de água mineral para exemplificar o quanto pode ser simples, mas eleve seus níveis! Aplique isso a jantares, roupas, sapatos, ou qualquer outro item que seja o seu “calcanhar de Aquiles” quando se trata de consumo.

O nome “pote dos sonhos” tem a ver com a ideia de separar uma quantia para realizar seus sonhos. Se você já tem algo em vista, como uma viagem, um mobiliário, um evento, identifique-o no rótulo do pote, como, por exemplo: “pote dos sonhos para a viagem de Cancún”. Vale colar imagens, frases, fotos… seja criativa no uso de recursos que podem te motivar a cumprir esse compromisso!

2) Desafio do 1%

O desafio do 1% também é indicado para iniciantes, porém com uma proposta um pouco mais elaborada do que o desafio anterior do pote dos sonhos. Convida você a poupar 1% do seu salário bruto a cada mês, acrescentando 1% a esse montante no mês seguinte. Vejamos o exemplo a seguir, considerando o salário mínimo nacional de R$ 937,00, que passa a valer a partir de 01/01/2017:

desafioumporcento

Note que a cada mês a conta do valor a ser economizado é feita em cima do próprio valor bruto, não do valor acumulado. Se você achar que poupar 1% do seu salário bruto é um desafio muito grande para o seu momento financeiro, flexibilize a ideia e poupe 1% do valor líquido do seu salário. Porém não caia na armadilha de ser complacente consigo mesma. Muitas vezes desafiar os seus limites pode trazer ótimos resultados não somente no desafio em si, como na sua forma de pensar e agir em relação à vida.

3) Desafio das 52 semanas

O desafio das 52 semanas também é uma opção bem prática para quem deseja se iniciar nos hábitos de poupar. A proposta é que para cada uma das 52 semanas do ano, um valor seja poupado e essa referência seja progressivamente acrescida.

Acompanhe o exemplo a seguir:

Desafio 52 semanas.png

Note que, em janeiro, os valores semanais serão baixíssimos. Para começarmos agora, na primeira semana de fevereiro, que é a quinta semana do ano, precisamos recuperar as semanas passadas reservando um valor de R$ 15,00. Não é nada impossível; em termos práticos, basta deixar de comer um lanche e já recuperamos o tempo perdido no desafio!

Porém, assim como no desafio do 1%, leve em consideração que quanto mais o final do ano se aproxima, maiores serão os valores investidos semanalmente/mensalmente. A proposta é ir aumentando o nível progressivamente, a fim de que o hábito de poupar também possa ir desafiando sua capacidade. Prepare-se para não abandonar os desafios apenas por falta de organização pessoal, pois isso pode gerar uma frustração na sua capacidade de poupar e uma descrença em repetir a ação no futuro.

4) Desafio “Crie seu próprio FGTS”

Esse desafio tem apelo especial para as empreendedoras que não recebem salário fixo nos termos da CLT. Muitas vezes o sentimento de que é uma desvantagem não ter seu FGTS para os tempos de necessidades futuras está presente nessas empreendedoras. Primeiramente, gostaria de dizer que, na minha opinião, o FGTS só é visto no nosso país como uma grande vantagem por não termos a cultura de poupar. Sendo assim, o governo promove essa poupança forçada, que tem rentabilidade muito baixa (você já parou pra pensar quanto rende o FGTS?), porém, a ideia de “receber” um montante acumulado de dinheiro em algum momento da vida se torna extremamente agradável à maioria dos brasileiros. Se estamos começando a nos inserir em conhecimentos sobre finanças e reconhecemos que a nossa inteligência financeira é diretamente proporcional ao nosso nível de satisfação na vida, devemos ter um pouco mais de cuidado nessas situações aparentemente “lucrativas”, principalmente levando em consideração de onde vem o dinheiro, quanto ele rende e quanto ele custa para você. Enfim, observações à parte, vamos ao desafio.

A ideia é que você reserve mensalmente exatamente a quantia de 8% do seu rendimento base mensal, assim como faria seu empregador caso você tivesse um. É um desafio um pouco mais ousado, requer mais autodisciplina, porém, se você já trabalha sem vínculo empregatício, significa que você já desenvolveu mais habilidades nesse sentido e que podem ser muito valiosas nessa ocasião. Para exemplificar, se você ganha R$ 1.000,00 por mês, deve economizar mensalmente R$ 80,00.

É uma alternativa interessante para quem não consegue se organizar para economizar dinheiro, e pode ser aplicada para outros benefícios da legislação trabalhista brasileira, como, por exemplo, o décimo terceiro salário. Desafie-se também a aumentar essa proporção, criando seu próprio benefício de acordo com sua disciplina e seus objetivos. O resultado pode ser surpreendente!

****

Note que a intenção dos desafios é fazer com que você cresça progressivamente no hábito de economizar.

Não encare o dinheiro mensal a ser guardado para o desafio somente como uma conta a ser paga, mas sim como um novo hábito que você está adquirindo, que é de guardar dinheiro para o seu “eu” do futuro.

Uma dúvida que é bastante comum é onde guardar esse dinheiro economizado. Algumas pessoas tem dificuldade com o hábito de ter dinheiro em mãos e não utilizar, e isso pode comprometer o atingimento da meta. O ideal é investir o dinheiro acumulado, porém saiba que a poupança, queridinha dos brasileiros, é uma das piores opções nesse sentido. Estude o assunto, consulte um profissional da área ou mesmo um amigo que entenda de investimentos e verifique outras formas de rentabilizar seu dinheiro guardado.

Caso não seja possível investir, guarde o dinheiro em um cofre chaveado, ou ainda de louça, que seja necessário quebrar para ter acesso ao montante. Deixe a chave com alguém de confiança, caso seu nível de autocontrole não permita conviver com a chave em uma gavetinha que você possa ter acesso. A única ressalva aqui fica para o desafio do pote, pois entende-se que enxergar visualmente o montante acumulado é motivador, uma vez que não há regras de valores previamente estabelecidos.

Sinta-se à vontade para criar novos desafios que façam sentido para você, dentro da sua realidade (e compartilhe conosco no nosso grupo fechado no Facebook! Clique aqui para o link). O importante é ter em mente que esse é um processo interno no qual você vai se conhecer, aprender a se controlar e planejar seu futuro. Ao longo da nossa vida, não é raro que não tenhamos a oportunidade de aprender a economizar dinheiro, o que tem grave consequências futuras (mamães, estejam atentas a esse aspecto em relação a seus filhos!). É possível que muitas pessoas só parem pra pensar nisso quanto a situação já está beirando a gravidade, e muito difícil será começar a agir. Economizar dinheiro é uma lição valiosa para a vida. Vamos juntas?

Vamos fazer um plano de negócios?

 

Cada vez mais percebemos que há muitas pessoas interessadas em empreender. Seja pelo momento econômico que o país passa ou seja por busca de realização pessoal e profissional, a verdade é que empreendedorismo é um tema que tem despertado o interesse de todos de forma muito especial nos últimos tempos.

Cabe um destaque especial para nós, mulheres, nesse cenário. Quantas vezes temos o sentimento de que nosso trabalho não nos satisfaz? De que nossa carga horária de trabalho semanal torna inviável qualquer expectativa de vida social e pessoal? De que poderíamos nos lançar no mesmo ramo em que atuamos como empregadas tendo tanto (ou ainda maior) sucesso que o nosso empregador? De que estamos fazendo algo incrivelmente sem sentido ao deixar nossos filhos com babás, avós, escolinhas e afins para trabalhar 30, 40 ou 44 horas semanais e estar afastadas do que realmente importa?

Após essas reflexões nos acompanharem por dias, semanas, meses e até anos, sempre tem aquele momento de coragem em que resolvemos olhar de frente para as nossas possibilidades, e, não raro, nos deparamos com a ideia de que a saída é trabalhar por conta própria. Obviamente muitas vezes somos influenciadas pelo lado glamour do empreendedorismo, que é a ideia de não ter horário fixo, chefe, colegas de difícil convivência, sem contar que basta digitar no Google: “quero ser empreendedora” que várias soluções encorajadoras em forma de produtos digitais se apresentarão. Por alguns momentos, você pode até pensar: “Nossa, como não pensei nisso antes? Meus problemas acabaram!”.

Tenho uma boa e uma má notícia pra você que lê esse texto: a má notícia é que empreender é um caminho que pode te proporcionar tudo isso que foi mencionado, mas que tem um preço alto a ser pago. Você pode eventualmente trabalhar muito mais do que a temida carga horária de 44 horas semanais, podem ter meses em que há mais despesas do que receitas, pode ser fortemente desencorajada por todos aqueles que você ama (pais, cônjuge, filhos, amigas – afinal de contas, todo mundo conhece a história de um empreendedor que não deu certo), pode ter dias em que vai pra cama pensando: tudo que eu queria é um emprego de carteira assinada em que eu pudesse só executar, sem precisar decidir tanto! Mas, como nem só de más notícias se vive essa vida, a boa notícia é: existe uma ferramenta que pode te ajudar a melhor te preparar pra essa trajetória.

E como boas notícias sempre são bem vindas, acrescento outra: é uma trajetória que vale a pena se isso for um propósito genuíno no seu coração.

Ficou curiosa por saber que ferramenta é essa? Você já deve ter ouvido falar sobre ela, talvez até mesmo sem saber do que se trata. É o famoso plano de negócios. O plano de negócios é uma ferramenta de gestão elaborada em forma de documento, que é utilizada para planejar o seu negócio e que faz com que você defina aspectos importantes do seu empreendimento e possa avaliar várias questões relativas a ele, antes mesmo de colocar sua ideia em prática. O plano de negócios funciona como um guia para planejar, implantar e gerenciar a sua empresa. Criar um negócio sem um planejamento prévio é uma decisão que invariavelmente te colocará em situações difíceis no futuro, e poderá contribuir para a frustração das suas expectativas quanto à nova etapa que inicia.

Existem vários modelos de plano de negócios que você pode adotar. Sugiro que trabalhe com o modelo proposto pelo SEBRAE, não só por ser bastante didático e a própria entidade promover várias capacitações sobre o tema, mas também por ser bastante conhecido. Caso você precise buscar investimento para iniciar o seu negócio, certamente a instituição financeira solicitará o seu plano, que será avaliado juntamente com os demais documentos necessários para o processo de análise de crédito. Os bancos em geral já estão acostumados com o modelo proposto pelo SEBRAE, então utilizá-lo pode ser uma opção inteligente.

Um plano de negócios geralmente convidará você a definir algumas questões básicas do seu empreendimento, como: análise de mercado, plano de marketing, plano operacional, plano financeiro, construção de cenários e avaliação estratégica.

Esses termos parecem estar escritos em outro idioma quando você lê? Sem problemas. O SEBRAE disponibiliza um material online gratuito sobre o tema, explicando passo a passo de cada etapa. Para fazer o download e conhecer como é o formato de um plano de negócios, clique aqui.

A sua ideia é o ponto de partida para o negócio que está por nascer. Mas a ideia que não é transformada em objetivos e metas, com prazos, métricas quantitativas e responsáveis, tende a se perder e voltarmos à fase anterior: ter o desejo de mudar a situação atual, porém sem perspectivas concretas de o que fazer e por onde começar. Por isso o plano de negócios deve ser visto como uma ferramenta essencial para o processo de tornar seu sonho uma realidade.

Entendeu o “espírito da coisa”, mas achou complexo o processo? Deparou-se com termos que não faz a menor ideia do que significam e se sentiu mais perdida do que antes? Como o nosso propósito aqui é auxiliar você na sua incrível jornada empreendedora, não se desespere! Temos uma outra dica preciosa pra te auxiliar! Na verdade é comum que empreendedores iniciantes se assustem com tudo que envolve um plano de negócios, muitas vezes por não terem tantas definições a respeito da sua ideia, e o transformem em mais uma barreira nesse processo. Pensando nisso, sugerimos o Canvas, que é uma ferramenta que também tem a finalidade de ajudar a planejar um negócio, porém de forma mais simplificada.

O Canvas permite que você enxergue todos os aspectos do seu negócio em apenas uma folha (comparado ao tamanho do plano de negócios, podemos dizer que melhorou, certo?).

Convida você a pensar quem serão seus parceiros-chave, suas atividades-chave, como você interage e ajuda o seu cliente, custos, recursos, canais de venda e suas receitas. A nossa Rede Mulheres do Sul disponibiliza gratuitamente em seu site um modelo de Canvas para você imprimir (preferencialmente em uma folha tamanho A3) e rabiscar à vontade! Para fazer o download, clique aqui.

Algumas dicas úteis para essa fase inicial de planejamento da sua ideia podem ser conferidas nessa reportagem da revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios (clique aqui para acessar). O importante é você dedicar um tempo exclusivamente para pensar na sua ideia, levando a sério essa possibilidade de mudança de vida e carreira e planejar com comprometimento o que está por vir. Como já foi dito aqui nas nossas redes, “o planejamento não lida com decisões futuras, mas sim com o futuro de decisões presentes”.

Desejo que em 2017 você consiga tirar sua ideia do papel, de forma planejada e coerente, e que tenha muito sucesso no seu empreendimento. Ah, e saiba que pode contar com a Rede Mulheres do Sul para fomentar seu networking, com o Blog Mulheres Empreendedoras do Sul para ter acesso a conteúdos importantes nessa jornada e com A Executiva – Desenvolvendo Empreendedoras para sua capacitação. Vamos juntas?

Organização traz felicidade: dicas simples que podem mudar sua casa, seu trabalho e sua vida

Bianca Seyffert

Agora que as comemorações de final/início de ano já passaram, que você já celebrou suas conquistas, que já definiu suas metas, que tal incluir algumas dicas de organização nos seus objetivos para 2017? Isso ajudará a tornar sua vida mais simples, fácil e feliz!

 

Benefícios da organização

Na correria do dia-a-dia, vivemos reclamando que não temos tempo para nada, que é difícil dar conta de tantas atividades, que as tarefas se acumulam, que ficamos exaustos e com a sensação de que nunca conseguiremos ser eficientes e dar conta de tudo. Quem nunca teve essa sensação? Você sabia que a organização de espaços e ambientes pode te ajudar? Muitos podem pensar que a organização toma o nosso tempo. Ao contrário, a organização é um método lógico, prático e eficiente, que facilita a vida e gera tempo livre para outras atividades.

A bagunça nada mais é que o adiamento de decisões! A bagunça estressa porque desvia a sua atenção, tira o foco e dá a sensação que sempre tem algo a fazer, ou seja, sua mente fica sempre em alerta, causando ansiedade, cansaço mental e até físico. A bagunça da sua casa muitas vezes reflete a desordem da sua vida também. De uma forma simples e sistematizada é possível organizar espaços e ambientes, de modo que você consiga encontrar facilmente aquele documento importante, aquela blusa nova que você nem lembrava mais que tinha comprado. Você pode até economizar na lista de supermercado, pois sabe os alimentos que tem na despensa sem deixá-los vencer. Tudo isso gera bem estar! Dessa forma você vai criando a coragem necessária para tomar as decisões da sua vida. A organização é uma transformação que ocorre de dentro para fora!

Manter um ambiente organizado traz vários benefícios, melhorando inclusive a qualidade de vida. Os benefícios da organização vão muito além de se ter um lugar arrumado, até porque arrumar é diferente de organizar. Arrumar é guardar os objetos, escondê-los do campo de visão, enquanto que organizar é buscar uma solução que facilite a rotina; é usar sistemas eficientes, metodologias, e técnicas; é maximizar espaços trazendo conforto, agilidade e economia de tempo.

Além da praticidade, a organização renova a energia do ambiente, aumenta a produtividade, melhora os relacionamentos e traz satisfação pessoal.

Por onde começar?

Faça uma ronda pela casa, recolhendo todos os objetos que estiverem fora do lugar. Marque quanto tempo você vai levar. Se encontrar alguma coisa para jogar fora, descarte imediatamente, o restante guarde no lugar certo. Faça isso sempre que necessário. O objetivo é ir diminuindo a quantidade de objetos recolhidos e a frequência das rondas até que a organização vire rotina e que todos os objetos tenham o seu próprio lugar. Cada objeto deve ter o seu local pré-estabelecido, ou seja, defina locais adequados para cada coisa. Por exemplo, no hall de entrada costuma-se deixar chaves, bolsas, mochilas escolares, correspondências, etc. Providencie um porta chaves e escolha uma caixa ou porta correspondências para guardá-las. Assim, logo que entrar em casa já disponha estes objetos em seus locais adequados, não os deixando acumular em cima da mesa ou espalhados na estante. Fica mais fácil e não precisa ficar juntando depois. Outra dica: combine com todos os moradores da casa os locais de cada objeto, dessa forma, todos saberão onde colocar cada coisa e a organização vai fazendo parte do dia a dia da família.

Organize um cômodo de cada vez e faça por partes: uma gaveta, uma porta do armário, uma prateleira. Não tire todas as roupas do armário e jogue em cima da cama (provavelmente você não terá onde dormir!). A bagunça não foi criada de uma única vez, portanto faça uma parte de cada vez, divida em pequenos passos, de modo que você consiga começar e terminar.

 

Etapas da organização

Podemos dividir a organização de espaços e ambientes em 4 etapas principais: Descarte, Setorização, Organização e Manutenção.

 

DESCARTE: É o ato de “destralhar”, de passar adiante aquilo que não serve mais, que não te faz feliz, de que você não gosta, que não usa e que não tem utilidade.

Escolhido por onde começar, retire todas as peças de dentro do compartimento (prateleira/gaveta), pegue cada uma delas e separe em uma das 4 pilhas:

  • O que fica: aquilo que você vai manter;
  • Doação/Venda: o que não serve mais para você, mas pode ser útil para outra pessoa (deve estar em bom estado de conservação);
  • Conserto: aqueles itens que você quer manter, porém necessitam de algum reparo. Separe-os para mandar para lavanderia, sapataria, costureira, oficina; e
  • Lixo: itens danificados, que não têm mais conserto. Devem ser colocados no lixo.

Faça isso com todas as peças, uma a uma, decidindo qual o seu destino. Só guarde novamente o que você realmente ama e que faz você feliz! Lembre-se que estamos em constante mudança, portanto aquele vestido lindíssimo de 10 anos atrás talvez não combine mais com seu estilo, não tenha medo de fazer alguém tão linda como você já ficou nele. Liberte-se de tudo que não tem utilidade e sentido para você, com certeza poderá ser muito útil a mais alguém! Depois que já separou tudo o que não serve mais para você, dê o novo destino o mais rápido possível. Se for doar, procure uma instituição de caridade local e se puder entregue pessoalmente. Assim você poderá sentir-se realizada ajudando os outros com as coisas que estavam paradas na sua casa sem utilidade. Sinta-se feliz por proporcionar a oportunidade de outras pessoas poderem usufruir das coisas que um dia fizeram parte da sua vida.

Faça o descarte no seu tempo, se está em dúvida se determinado item deve ficar ou não, estabeleça um prazo, talvez 6 meses, para rever este item e então decidir. O descarte é um dos passos mais difíceis e precisa ser treinado. Você verá que no início é mais difícil e conforme você vai se habituando e vendo os benefícios vai ficando mais prazeroso.

 

SETORIZAÇÃO/CATEGORIZAÇÃO: Categorizar, separar e identificar cada coisa, agrupar por semelhança.

Separe os objetos por categorias, usando a lógica e o bom senso. Agrupe todos os itens com a mesma finalidade, por exemplo, todas as calças de ginástica, os materiais de papelaria, as panelas e disponha cada grupo no local mais adequado pelo uso e pela frequência.

 

ORGANIZAÇÃO: Estabelecer o local mais adequado para cada objeto.

É aqui que entra a técnica, o método, a sistemática. É definir o melhor local para guardar cada objeto, é encontrar o local certo para cada um deles. Examine a localização de cada coisa: Por que isso está aqui? Este é o melhor lugar para guardar?

Organize de acordo com o uso, objetos mais utilizados devem ficar mais disponíveis, com fácil acesso. Os de uso mais esporádico podem ser armazenados nas prateleiras mais altas ou no fundo dos armários. Organize as coisas de uma forma que faça sentido para você.

Pode-se fazer uso dos produtos organizadores, como caixas, cestas, colmeias e aramados. Estes produtos criam e definem os espaços que facilitam manter as categorias separadas e divididas.

Identifique o local de cada categoria, coloque etiquetas para visualizar o conteúdo de caixas.

Achou muito complicado? Você sabia que pode contar com a ajuda de pessoas especializadas em organização, são os Personal Organizers, eles realizam este serviço profissionalmente. Se você optar por contratar um profissional, busque informações, converse com suas amigas e se precisar conte com o blog para te ajudar.

MANUTENÇÃO: Manter a ordem estabelecida.

Nada é mais importante do que, após estar tudo categorizado e organizado, manter assim! Após a organização realizada, é preciso estabelecer o hábito de manter as coisas organizadas nos seus devidos lugares. Utilizando esta metodologia, cada objeto tem o seu lugar devidamente definido, portanto, após o uso ele deve retornar ao seu lugar de origem. É como se cada coisa tivesse a sua casinha e morasse lá. Se saiu deve voltar para casa. Manter organizado será muito mais fácil que do foi a organização.

apple-devices-1867761_1920

Mãos à obra! Agora que você já descobriu que a organização de espaços e ambientes pode favorecer a sua vida, trazendo mais tempo, satisfação pessoal e qualidade de vida, que tal colocar em prática essas dicas? Então vamos lá, mãos à obra! Comece com coisas simples, por exemplo, organizando a sua gaveta de roupas íntimas. Você verá os benefícios imediatamente, você terá muito mais prazer em abrir a gaveta e encontrar exatamente aquele lingerie para uma ocasião especial, sem perder tempo, sem se irritar por estar tudo misturado e bagunçado. É fácil! Tente! Basta começar! Vá e permita-se!

Deixe um comentário contando o que você organizou inspirado nesse post! Conte nos como foi?

Acompanhe o blog e aproveite as próximas dicas.

Acompanhe  também nossas mídias sociais:

Facebook (https://www.facebook.com/mulheresempreendedorasdosul/?fref=ts)

Grupo fechado (https://www.facebook.com/groups/mulheresempreendedorasdosul/)

LinkedIn (https://www.linkedin.com/in/blog-mulheres-empreendedoras-do-sul-722a66125)

YouTube (https://www.youtube.com/channel/UChybQSpSzMO6ZSsYrEahweQ)

Instagram (@mulheresempreendedorasdosul)

 

Dez aplicativos que vão te ajudar a ter sucesso em 2017

Não há como negar que o uso de dispositivos móveis e de aplicativos tem facilitado muito a nossa vida. E a variedade é muito grande, ajudando em tarefas das mais simples às mais complexas. Encontramos até aqueles que nos fazem lembrar de beber água. O aspecto positivo dos aplicativos é que nos dão várias possibilidades para lidar com as diferentes tarefas que acumulamos. Por isso, nossa equipe experimentou e aprovou 10 aplicativos que vão adicionar praticidade à sua vida, auxiliando você a ser mais eficiente com seus compromissos e tarefas e, assim, atingindo com mais facilidade seus objetivos. Acompanhe!

  1. RESCUE TIME

https://www.rescuetime.com/

O Rescue Time uma ótima ferramenta para controlar o seu tempo de trabalho e estipular metas para aprimorar sua produtividade. Ele também consegue analisar quanto tempo você procrastinou entre e-mails, Facebook, Twitter, entrando em sites, etc. Assim, você poderá ter noção do quanto, no final do dia, perdeu de tempo indo dar aquela olhadinha de 5 minutos no que estava acontecendo na sua timeline.

  1. EVERNOTE

https://evernote.com/intl/pt-br/

O Evernote é uma das principais ferramentas para gestão de produtividade, principalmente para quem costuma viajar ou realiza trabalhos home office. É uma espécie de bloco de notas que fica armazenado na nuvem. Porém, melhor do que um simples bloco de notas, ele permite dividir as anotações por assuntos, anexar fotos, clipes de vídeo e áudio, podendo ser acessado em qualquer computador, tablet ou smartphone.

  1. WUNDERLIST

https://www.wunderlist.com/pt/

O Wunderlist permite que você faça listas dentro de qualquer tema, como o que fazer, o que deve ser dito na reunião, quais produtos devem ser orçados, etc. Também pode encontrar listas feitas por outros usuários que podem ser úteis para seu trabalho. Você pode personalizar sua lista com marcadores, calendários e notificações. É possível acessar sua lista através de qualquer dispositivo, pois ela fica armazenada na nuvem.

  1. MOBILLS

https://www.mobills.com.br/

O Mobills é o aplicativo de controle financeiro mais bem avaliado no Brasil. Nele você cadastra suas despesas e receitas de maneira muito simples, podendo ser acessado por computadores, smartphones ou tablets. Ele divide seus gastos em um gráfico de acordo com o tipo de despesa, alerta para contas não pagas e calcula o saldo no final do mês. Você pode ainda traçar metas e organizar orçamentos, gerando relatórios fáceis de compreender.

  1. WINSTREAK

https://private.strategiccoach.com/store/products/171

Você se motiva com pequenos objetivos diários atingidos? Então o app WinStreak é uma ferramenta ótima para você. Com interface simplificada, ele convida você a inserir objetivos diários e verificar ao final do dia se conseguiu atingi-los ou não. Após essa verificação, é possível já inserir as ações a ser realizadas no dia seguinte. Pode não parecer, mas a sensação de agenda organizada e atividades em dia é muito motivante, evitando que você desperdice o recurso mais precioso que temos: o tempo!

  1. BILLS REMINDER

http://amazier.com/bills-reminder.html

Você tem dificuldade de se organizar com as datas de pagamento das suas contas, perdendo tempo por se descuidar dos vencimentos, ter que emitir segunda via de alguns boletos e até acabar pagando juros? O Bills Reminder é um aplicativo simples e prático, que traz um ambiente virtual pra organizar seu orçamento. Muito útil em tempos de crise!

  1. TODOIST

https://ptbr.todoist.com/

Não é fácil lidar com metas e tarefas pessoais e profissionais. O Todoist vai te ajudar a se organizar a partir da criação de listas de tarefas que podem ser atualizadas e acompanhadas em diversos dispositivos e até mesmo offline. Também é possível compartilhar tarefas e objetivos. O aplicativo avisa você quando um compromisso estiver próximo do limite.

  1. CAMCARD

https://www.camcard.com/

Você sempre se atrapalha para guardar e localizar cartões de visita, tendo vários “montinhos” deles em vários lugares? Com o CamCard você dispensa os cartõezinhos físicos, escaneando eles com sua câmera do celular e mantenho sempre ao alcance da mão os cartões que recebeu. Prático, não?

  1. AUDIBLE

https://www.amazon.com.br/Audible-Inc-for-Android/dp/B004GJ6BY0

O Audible é um aplicativo que potencializa seus estudos. Ele permite que você carregue consigo livros em áudio e podcasts para ouvir quando estiver no trânsito, na fila do banco ou em uma sala de espeta, por exemplo. Ele é uma ferramenta da Amazon e possui muito material em português. Também é útil para estudar línguas estrangeiras.

  1. SCRIBD

Ainda pensando em estudos e atualização profissional, o Scribd é uma plataforma com livros, textos e apresentações sobre os mais variados temas. Em seu acervo, que é alimentado pelos usuários, estão livros raros e artigos antigos, além de muito conteúdo interessa de diversas áreas. O aplicativo permite selecionar favoritos, criando uma espécie de biblioteca particular que pode ser acessada a partir de qualquer dispositivo.

Você já usa algum desses aplicativos em sua rotina? Acrescentaria algum a essa lista? Deixe seu comentário!

Esperamos ter ajudado você com essas dicas e nos vemos no próximo artigo! Até lá!

Acompanhe  nossas mídias sociais:

Facebook (https://www.facebook.com/mulheresempreendedorasdosul/?fref=ts)

Grupo fechado (https://www.facebook.com/groups/mulheresempreendedorasdosul/)

LinkedIn (https://www.linkedin.com/in/blog-mulheres-empreendedoras-do-sul-722a66125)

YouTube (https://www.youtube.com/channel/UChybQSpSzMO6ZSsYrEahweQ)

Instagram (@mulheresempreendedorasdosul)

 

Nove empreendedoras digitais que vão ensinar você a mudar sua vida

Como e por que empreendedoras digitais de sucesso podem te ensinar a mudar de vida?

Vamos refletir um pouco…

Todo Réveillon é a mesma coisa: “Ano novo, vida nova!”… é o que todos dizem. Dão sete pulinhos nas ondas, comem determinadas comidas com significado específico, usam a cor que promete saúde, prosperidade, amor, etc; além de fazerem uma série de promessas de que a partir daquele momento a vida vai ser diferente. Porém, na prática, qual é a mudança que o ano novo promove? NENHUMA! Dias depois, a maioria das pessoas já quebrou ou até mesmo esqueceu as promessas que fez, e todos os rituais praticados parecem inúteis diante da verdade: se você não muda, tudo continuará como antes.

Você sente vontade de mudar?

Quais mudanças são necessárias em sua vida?

Do que você precisa para fazer a mudança acontecer?

Mudar é difícil. Requer autoconfiança, foco e coragem; e muitas vezes as dificuldades parecem tantas que você acaba achando que deixar tudo como está é muito menos arriscado, muito mais confortável. E assim a vida segue, os dias de insatisfação viram meses, os meses viram anos, e os anos viram décadas.

Com o objetivo de ajudar você a encontrar o seu caminho, a mudar o que precisa ser mudado em seu trabalho e em sua vida, pesquisei e acompanhei durante alguns meses o trabalho de nove empreendedoras digitais. Ainda que cada uma atue em um nicho específico, todas trabalham com o mesmo “material”: o que você precisa fazer para ter a vida que quer?”. Todas elas oferecem cursos, palestras e workshops, além de disponibilizarem grande quantidade de conteúdo gratuito que certamente vão te ensinar lições valiosas para que você alcance uma vida plena.

Todas elas buscaram e buscam o que entendem ser o melhor tipo de vida para cada uma. Todas elas falam com autoridade sobre mudança de vida. Todas elas já passaram pelas dificuldades que provavelmente você também esteja vivendo. Que tal conhecer um pouco mais, aprender e se inspirar com essas empreendedoras digitais?

  1. ALANA TRAUCZYNSKI

alana-trauckzynski

Com formação em turismo e hotelaria, tendo trabalhado com marketing e relações públicas, em dado momento Alana percebeu que não podia continuar em um trabalho que não aproveitava ao máximo seus interesses e habilidades. Desenvolveu, então, o programa “Recalculando a Rota”, que tem foco em pessoas multipotenciais, ou seja, pessoas com múltiplos interesses e que, por isso, são consideradas desfocadas. Alana também é colunista em sites renomados, como o Nowmastê, o Nômades Digitais e o Entre todas as coisas. Para conhecer o trabalho dela, acesse http://recalculandoarota.com.br/ .

  1. ANA TEX

ana-tex

Ana Tex é empreendedora, palestrante e consultora em marketing digitais. È considerada atualmente a principal autoridade em novas mídias e especialista reconhecida por entender as novas tecnologias e transmiti-las de forma simples, objetiva e descomplicada. Desenvolveu cursos com foco na ampliação da audiência e do faturamento de empreendedores de diversos setores (moda, beleza, fotografia, saúde, etc.), transformando negócios comuns em negócios de alta performance. É autora dos cursos InstaNegócios, VideoTex, PersicoTex e Whatsapp para Negócios, além de disponibilizar grande quantidade de conteúdo gratuito. Para conhecer mais sobre o trabalho dela, acesse http://marketex.com.br/ .

  1. LIZANDRA ZANUTO

lizandra-zanuto

Psicóloga formada na Itália, Lizandra focou sua carreira em um nicho bem específico: é coach de separação e divórcio. Seu trabalho é voltado para mulheres que estão se separando ou que acabaram de passar por esse processo. Através do programa “Separei, e agora?”, ela propõe questões como “Você carrega lixo emocional com você?”, “Como você muda seu estado emocional?”, e “Até quando você vai se permitir viver isso?”. Seu objetivo é transformar vidas e relacionamentos. Para conhecer melhor o trabalho dela, canal no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCvRBsUXIRb_LyJQQdXL0QEg .

  1. MELODIA MORENO

melodia-moreno

Melodia é psicóloga e atua como coach de mães empreendedoras digitais, ajudando mães que querem ao mesmo tempo ter seu próprio negócio e criar seus filhos. A partir do nascimento de filha, começou a refletir sobre o quanto a maternidade pode mudar a mulher. Então teve a ideia de criar um trabalho em que pudesse ajudar outras mulheres a empreenderem e também terem tempo para educar e curtir seus filhos. Desenvolveu programas como a “Academia de Mães Empreendedoras” e “Born to rock”, além de ter um canal no YouTube, tratando de vários assuntos de interesse para as mães empreendedoras. Para conhecer melhor o trabalho dela, acesse http://www.melodiamoreno.com/ .

  1. PAULA ABREU

paula-abreu

Paula Abreu trabalhava como advogada quando, em 2012, foi demitida. A demissão a fez pensar sobre sua vida, sobre coisas que gostava de fazer a sobre o estilo de vida que gostaria de ter. Ela resolveu então assumir sua paixão pela escrita e pelo desenvolvimento de pessoas. Nos anos seguintes, publicou os livros “Escolha sua vida”, A aventura da adoção” e “Primavera Eterna”. Paula foi a primeira empreendedora digital a fazer um lançamento online no Brasil com faturamento de mais de 7 dígitos em 7 dias, e esse é apenas um dos dados que o sucesso de seu trabalho. Faz palestras, workshops e também programas de acompanhamento voltados para a mulher que quer empreender na vida e nos negócios. Para conhecer melhor o trabalho dela, acesse http://escolhasuavida.com.br/ .

  1. PAULA QUINTÃO

paula-quintao

Paula Quintão fez doutorado em sustentabilidade, é mãe, escritora e empreendedora. É autora dos livros “Para sempre um novo eu” e “Caminhos que as estrelas me viram cruzar”,entre outros. É criadora do portal “Coragem para empreender”, além de proprietária de uma editora que publica livros cujo tema relaciona-se ao desenvolvimento pessoal. Criou a “Escola de Rumos”, programa de acompanhamento que trata de temas como autoconhecimento, empreendedorismo, escrita, mudança de vida e realização. Segundo ela, “criar rumos é ter condições para escolher nossos próprios caminhos e, mais que isso, sermos capazes de criá-los”. Para conhecer melhor o trabalho dela, acesse http://paulaquintao.com.br/ .

  1. RAFAELA CAPPAI

rafaela-cappai

Rafaela é uma artista: dança, teatro e TV, produção cultural e comunicação eram apenas algumas das áreas em que atuou. Porém, vivia em dificuldade financeira. Então resolveu dar um basta na ideia de que pessoas criativas não conseguem ganhar dinheiro. Para isso, desenvolveu um trabalho que propõe conciliar trabalho significativo e retorno financeiro, valorizando a criatividade. Como ela mesma se intitula, é uma empreendedora criativa, que propõe o uso de ferramentas, estruturas, habilidades e soluções voltadas especialmente para pessoas criativas. Trabalha por um “mundo onde ninguém tenha que abandonar o que gosta porque não dá dinheiro”. Para conhecer melhor o trabalho dela, acesse https://www.espaconave.com.br/ .

  1. RENATA WERNER

renata-werner

Renata é coach de empreendedoras. Em sua biografia, uma particularidade importante: aos 23 anos, ela teve um AVC (acidente vascular cerebral) que, segundo os médicos, iria lhe deixar com sequelas graves e irreversíveis. Este foi o momento transformador, em que decidiu tomar as rédeas de sua vida e mudar tudo o que fosse necessário viver de maneira plena. A partir de seus estudos, criou o programa Mulher Startup, no qual ajuda mulheres, através de um passo a passo, a superarem seus medos, suas crenças limitantes, suas frustrações e decepções do passado. Sua missão é proporcionar às mulheres ferramentas de autoconhecimento e empoderamento para construir um negócio online que traga significado e reconhecimento. Para conhecer melhor o trabalho dela, acesse http://www.renatawerner.com.br/.

 

  1. SILVIA PAHINS

silvia-pahins

Silvia é uma coach de empreendedoras que gosta de levar um estilo de vida nômade. Tendo morado em diversas cidades do Brasil e da Europa, resolveu criar para si um trabalho alinhado ao seu modo de viver. Ela quer ajudar a criar “um mundo em que trabalho e vida não sejam separados em caixinhas, pois tudo é vida!”. Ela defende a criação de uma vida em que haja tempo livre para estar e cuidar de quem se ama, com tempo livre para experiências ricas, profundas e completas. Em seus programas e cursos (tais como “Empreenda sua vida” e “Produtividade em ação”), trata de temas como empreendedorismo, desenvolvimento humano, comunicação, design, marketing, entre outros. Para conhecer melhor o trabalho dela, acesse http://silviapahins.com/ .

Com foco em diferentes nichos, todas essas empreendedoras digitais têm muito a contribuir para que você realize as mudanças que quer em sua vida e, com isso, atinja todo o seu potencial na vida e no trabalho.

E você? Quais mudanças vai fazer? Quais são os seus planos?

Por acreditar que 2017 será um ano de mudanças, preparamos uma série de conteúdos que também vão te ajudar a alcançar seus objetivos. Nos próximos dias, continuaremos falando sobre mudança de vida em diversos aspectos. Aguarde!

Acompanhe  nossas mídias sociais:

Facebook (https://www.facebook.com/mulheresempreendedorasdosul/?fref=ts)

Grupo fechado (https://www.facebook.com/groups/mulheresempreendedorasdosul/)

LinkedIn (https://www.linkedin.com/in/blog-mulheres-empreendedoras-do-sul-722a66125)

YouTube (https://www.youtube.com/channel/UChybQSpSzMO6ZSsYrEahweQ)

Instagram (@mulheresempreendedorasdosul)

 

Precisando de energia? alimentos (e receitas) ajudam você a ter mais disposição

Fernanda Lemões

A quantidade de trabalho, o excesso de responsabilidade e o acúmulo de compromissos te deixam cansada? Quantas vezes você se pega sem disposição para as tarefas do dia-a-dia? Quantas vezes, diante de tantas tarefas, você se sente esgotada e sem ENERGIA?

Pois saiba que você não está sozinha. Ao contrário, pesquisas divulgadas em 2013 revelam que aproximadamente 98% da população brasileira sente-se cansada e, destes, 61% sente-se muito cansada (leia mais em http://saude.ig.com.br/alimentacao-bemestar/2013-11-15/98-dos-brasileiros-estao-cansados-diz-ibope-sedentarismo-e-principal-causa.html). E como o nosso organismo precisa de ENERGIA? Da transmissão de impulsos nervosos à digestão, da contração muscular à produção de hormônios, o corpo precisa de ENERGIA para tudo. Porém, o gasto de ENERGIA não acontece de maneira equilibrada. Veja nosso infográfico:

slow-cookerthanksgiving-turkey

Fonte: Revista Mundo Estranho (http://mundoestranho.abril.com.br/ciencia/como-e-obtida-a-energia-que-faz-nosso-corpo-funcionar/)

Para além da quantidade de trabalho e responsabilidades, o cansaço, nosso companheiro quase que diário, normalmente é potencializado por alguns maus hábitos. Sedentarismo, consumo de tabaco e bebidas alcoólicas, além de escolhas alimentares erradas podem lhe prejudicar ainda mais. Por isso, e pensando especialmente na maratona que em geral temos de cumprir no final de ano, elaboramos uma lista de ALIMENTOS para deixar você mais bem disposta. Para cada ALIMENTO indicado, segue um link com sugestões de receitas.

  1. FRUTAS: As frutas contêm açúcares naturais e fibras importantes para uma boa digestão. Entre elas, destacamos a banana: rica em vitamina B e potássio, ela traz vários benefícios: (a) ajuda a manter a glicose estável; (b) possui triptofano, um aminoácido envolvido na produção de serotonina (neurotransmissor que atua como regulador do sono e do humor). Receitas no link http://www.minhavida.com.br/receitas/galerias/15313-sete-receitas-com-banana-para-incluir-na-dieta

fruits-82524_1920

2. OLEAGINOSAS: Castanha de caju, castanha do Pará, nozes, amêndoas e avelãs, as oleaginosas são pura saúde. Ricas em cálcio, potássio, ferro e magnésio (mineral que atua na conversão do açúcar em ENERGIA), também são fontes de proteína, fibras e outros nutrientes. Por isso, ajudam na redução de danos musculares e afastam as doenças típicas do envelhecimento. As oleaginosas são muito práticas para serem consumidas como lanche da tarde. Receitas no link http://www.minhavida.com.br/alimentacao/galerias/14697-saboreie-sete-receitas-que-incluem-oleaginosas

walnuts-552975_1920

3. VEGETAIS E FOLHAS ESCURAS: As folhas verdes escuras proporcionam saciedade e contribuem para regularizar o aparelho digestivo como um todo. A couve é considerada um super-alimento, pois é uma excelente fonte de cálcio, minerais e vitaminas, principalmente a vitamina B6 (conhecida como ácido fólico), que atua nas funções cerebrais. Receitas no link http://gnt.globo.com/programas/cozinha-pratica/videos/4162749.htm

top-view-1248955_1920

4. OVOS: Considerado por muito tempo como um grande vilão do cardápio saudável, foi “resgatado” como alimento saudável por alguns estudos recentes. Os ovos possuem ferro e proteínas capazes de proporcionar energia o dia inteiro. Também contém colina, o tipo de vitamina B necessária às funções cerebrais. Receitas no link http://boaforma.abril.com.br/culinaria-saudavel/12-receitas-em-que-o-ovo-e-a-estrela-principal/

egg-943413_1920

5. CHOCOLATE: Sim! Além de muito saboroso, o chocolate realmente traz um bom aporte de ENERGIA, pois contém polifenóis, que atuam como antioxidante, atuando para retardar o envelhecimento precoce e auxiliando na saúde do coração. Além disso, contém teobromina (um estimulante natural) e flavonoides (que ajudam na elevação dos níveis de oxigênio no sangue). Porém, a opção correta é pelo chocolate meio amargo, que tem menos açúcar e gordura. Receitas no link http://www.vix.com/pt/bdm/receitas/6-receitas-light-e-diet-com-chocolate-que-ainda-assim-sao-muito-gostosas

chocolate-183543_1920

Ao inserir esses ALIMENTOS e receitas em sua rotina, certamente você terá muito mais ENERGIA para dar conta de seus compromissos e viver melhor. Gostou do post? Conhece outros alimentos e receitas que ajudam a dar ENERGIA? Deixe o seu comentário!

Acompanhe-nos também em nossas mídias sociais:

Facebook (https://www.facebook.com/mulheresempreendedorasdosul/?fref=ts)

Grupo fechado (https://www.facebook.com/groups/mulheresempreendedorasdosul/)

LinkedIn (https://www.linkedin.com/in/blog-mulheres-empreendedoras-do-sul-722a66125)

YouTube (https://www.youtube.com/channel/UChybQSpSzMO6ZSsYrEahweQ)

Instagram (@mulheresempreendedorasdosul)

Mulheres empreendedoras reúnem-se em café da manhã no Café Aquários

O Café Aquários está entre os estabelecimentos mais tradicionais de Pelotas. Com 46 anos de atividades (contando apenas o atual nome), é considerado um ponto turístico da cidade. Além disso, é um lugar marcado fortemente pela presença masculina, tanto que é grande o número de mulheres que afirma nunca ter ido ao local, ou o fez acompanhada por um homem (pai, marido, namorado, amigo, etc.).

Pois este foi o cenário escolhido pelo blog Mulheres Empreendedoras do Sul para a realização do 3º Encontro DIVERSAS: Mulheres conquistando todos os espaços. Lá, empresárias, gestoras, fotógrafas, psicólogas, vendedoras, doceiras, jornalistas reuniram-se no dia 19 de novembro para um café da manhã somente para mulheres.

Na sua terceira edição, este encontro foi um pouco diferente dos anteriores, nos quais foram realizadas rodadas e negócios e palestras. Desta vez, as participantes tomaram o café da manhã juntas e puderam conversar, sem que houvesse um roteiro pré-estabelecido.

_ke17337

Em dado momento, a equipe do blog pediu a atenção de todas, para que pudessem dizer algumas palavras. Inicialmente, Beth Kickhöfel agradeceu a presença de todas e falou da alegria em receber as participantes para esse momento tão especial, quando comemoramos o aniversário do blog. Em seguida, Renata Louzada explicou que a ideia de organizar um café da manhã em um lugar considerado um reduto masculino tinha a intenção de inspirar as mulheres para que, a cada dia, refletissem sobre qual lugar pretendem conquistar na sociedade e no mundo. Ela também convidou a participante Delania Afonso para dar um depoimento, já que a mesma havia participado de todos os eventos promovidos até então.

Em sua fala, Delania lembrou que, durante sua trajetória profissional, conquistou espaços e cargos que não eram comumente ocupados por mulheres. Recordando-se do que viveu, percebe a necessidade e a importância de a mulher empreendedora ter mais visibilidade e apoio para novos projetos.

Na sequência, Érica Martins falou sobre os planos que a equipe tem para 2017, apresentando brevemente ações futuras como rodadas de negócios, palestras, workshops, etc., enfatizando a necessidade de as mulheres se tornarem reciprocamente solidárias. Por fim, Liliane Rodrigues fez algumas reflexões com base em dados de pesquisa, com o propósito de justificar as ações que vêm sendo realizadas pela equipe.

De acordo com pesquisas sobre a diferença de gênero no mercado de trabalho, em 1980, a diferença salarial entre homens e mulheres era de aproximadamente 46%. Trinta anos depois, em 2010, esse índice havia caído para aproximadamente 29%. Já no cenário político, projeções feitas com base na evolução recente da participação da mulher na política levam à estimativa de que somente em 2083 as mulheres atingirão, no Senado, o mesmo percentual de distribuição de gênero na população (51%). Em outras palavras, estamos a quase 70 anos de “distância” dessa realidade. Isso mostra que, se muito já foi conquistado, há ainda muito por fazer.

“O que estamos fazendo hoje não é algo imediatista, não algo é importante somente para nós e nossas carreiras. O que estamos fazendo é para nossas filhas, para nossas netas, pelas gerações de mulheres que ainda não nasceram. Nosso trabalho faz parte de uma dinâmica maior que, esperamos, vai muito além, beneficiando outras tantas mulheres”.

Leia mais sobre desigualdade de gênero no mercado de trabalho em http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/07/150715_desigualdade_salarios_genero_cc

A equipe do blog mais uma vez agradece a participação não só das mulheres que estiveram conosco no café, mas também aos mais de 540 membros de nosso grupo fechado (que inclui alguns homens), e às mais de 1700 pessoas que curtiram nossa página no Facebook, além daqueles que nos seguem em nossas demais mídias sociais.

_ke17346

O saldo deste primeiro ano de trabalho é extremamente positivo: muitas mulheres fascinantes, muitas histórias inspiradoras, muitos contatos, muita sororidade sendo posta em prática. Porém, nosso trabalho está apenas começando. Há ainda muito por fazer!

Vamos juntas porque JUNTAS SOMOS MAIS FORTES!

Acompanhe  nossas mídias sociais:

Facebook (https://www.facebook.com/mulheresempreendedorasdosul/?fref=ts)

Grupo fechado (https://www.facebook.com/groups/mulheresempreendedorasdosul/)

LinkedIn (https://www.linkedin.com/in/blog-mulheres-empreendedoras-do-sul-722a66125)

YouTube (https://www.youtube.com/channel/UChybQSpSzMO6ZSsYrEahweQ)

Instagram (@mulheresempreendedorasdosul)

 

O toque feminino no “prefácio” da Feira do Livro

A Feira do Livro de Pelotas é um dos eventos culturais mais importantes da cidade. Realizado anualmente o evento chega a 44ª edição, sempre com intuito de mobilizar a população da cidade no entorno da Praça Coronel Pedro Osório e proporcionar a pessoas de diferentes idades e classes sociais um maior contato com o livro, novas vivências de leitura, além de atividades culturais diversas.

Por quase um mês, o coração da cidade mergulha nas letras e respira com muita interação artística: seja nas 17 bancas dos livreiros, nas tendas cultural e de autógrafos ou no palco dos shows e na praça de alimentação. Uma estrutura que exige muita determinação e conhecimento de grandes eventos por parte da organização.

POR TRÁS DOS LIVROS, O COMANDO FEMININO

Com um sorriso sutil, um diálogo simpático e percepção apurada para produções culturais, a organizadora de eventos, Théia Bender, leva para a Praça a sexta Feira do Livro sob sua coordenação. Seis anos de planejamento, de novidades e soluções para um momento literário que reúne arte e negócios.

Théia Bender é uma profissional experiente. Sua trajetória passa por importantes experimentos e participações como trabalhos com turismo de eventos – especialmente vinculado à Feira Nacional do Doce – FENADOCE- e com a organização de grandes feiras de imóveis. No entanto, a “Feira do Livro é do meu coração”, considera.

Em 2010, Théia foi convidada pela equipe da produção cultural da Feira para ficar responsável pelo gerenciamento das instalações e de todas as questões ligadas à infraestrutura. No ano seguinte, os livreiros a procuraram para que assumisse a organização do evento. Desde então, ela é responsável por tudo o que acontece antes do início da feira (projeto arquitetônico, elétrico e hidráulico, solicitação de alvarás, montagem dos espaços) além de todos os aspectos que envolvem manutenção da infraestrutura e segurança das bancas e dos livreiros. Para isso, coordena equipes e contrata prestadores de serviços. “Um evento de rua está sujeito a intempéries e a ações de vandalismo. É preciso estar sempre atento. É um trabalho que exige dedicação integral, por isso vivo intensamente a Feira”.

Théia salienta a importância de todos os esforços movidos pela Câmara Pelotense do Livro para a realização do evento. Ainda que a Feira seja alvo de algumas críticas, a organizadora afirma que o evento cumpre seu papel, que é o de trazer o livro para a rua, possibilitando, muitas vezes, o primeiro contato com a leitura. “Na Feira, o livro está extremamente exposto, ele atrai, ele pode conquistar as pessoas. O objetivo é promover a aproximação do livro com o leitor e o não-leitor. Os livreiros identificam isso constantemente, o que é muito  gratificante”.

Sobre o trabalho em equipe, ela destaca a participação da mulher. “Sempre que possível, busco constituir uma equipe feminina para o trabalho na Feira, pois as mulheres em geral têm um perfil de muita dedicação ao trabalho, além de serem muito minuciosas e colaborativas”.

A Feira oferece, ainda, uma praça de alimentação com opções variadas a Tenda Cultural, um espaço para escolas, instituições e ONGs que queiram fazer apresentações de dança, música ou teatro. Além disso, a Feira conta com extensa programação de palestras e oficinas, realizadas em parceria com a Secult, a Bibliotheca Pública e a UFPel.

Sobre experiências marcantes durante a Feira, Théia lembra inúmeros casos de mães e pais que trazem suas crianças, preocupados em mostrar a eles o mundo da literatura e em incentivar o gosto pela leitura. Lembra também de crianças de famílias de baixa renda que, em excursões escolares, trazem algum dinheiro enroladinho nas mãos e, ao saber que vão conseguir comprar um livro, demonstram muita felicidade. “

A Feira do Livro de Pelotas é a segunda mais antiga do estado, existe desde 1960 e é uma iniciativa da Câmara Pelotense do Livro (http://trade.nosis.com/pt/CAMARA-PELOTENSE-DO-LIVRO/3887016/315/p#.WC33mPkrLIU ) com o apoio da Secretaria de Cultura do município (Secult – https://www.facebook.com/SecultPel ) e da Bibliotheca Pública Pelotense (https://www.facebook.com/pages/Bibliotheca-P%C3%BAblica-Pelotense/415932985175775?fref=ts ). Diferentemente de edições passadas, este ano foi toda realizada no mês de novembro (1º a 20). Em 2016, a Feira inovou mais uma vez ao apresentar um patrono personagem: Blau Nunes, narrador da segunda obra de João Simões Lopes Neto, em Contos Gauchescos. Esta é uma homenagem à marca de um século da morte do escritor pelotense , dentro do biênio (2015/2016) simoneano.

14964110_700350050114919_1147373430_o

Fotos: César Soares

A equipe do blog Mulheres Empreendedoras do Sul agradece a Théia Bender pela disponibilidade de, em uma época de intensas atividades, disponibilizar em sua agenda um momento para nos contar um pouco sobre sua história. Seu trabalho na Feira certamente contribui para a visibilidade da mulher ocupando posições de destaque no mercado de trabalho e na sociedade.

Para saber mais sobre temas ligados ao empreendedorismo feminino e à participação da mulher no mercado de trabalho, acompanhe nossas mídias sociais:

Facebook (https://www.facebook.com/mulheresempreendedorasdosul/?fref=ts)

Grupo fechado (https://www.facebook.com/groups/mulheresempreendedorasdosul/)

LinkedIn (https://www.linkedin.com/in/blog-mulheres-empreendedoras-do-sul-722a66125)

YouTube (https://www.youtube.com/channel/UChybQSpSzMO6ZSsYrEahweQ)

Insragram (@mulheresempreendedorasdosul )

Microempreendedor Individual: uma boa opção para formalizar sua atividade

As exigências legais para a formalização de um negócio muitas vezes são um dos maiores desafios da nossa atividade empreendedora. A tão conhecida burocracia, que por vezes acaba sendo um obstáculo para o mundo empresarial, geralmente assusta quem está buscando formalizar o seu negócio.

Com isso, acabamos perdendo muitas oportunidades: não conseguimos vender ou prestar serviço para alguns clientes porque não temos como emitir nota fiscal, nos sentimos inseguras por não ter nada equivalente a uma carteira de trabalho assinada para garantir acesso à aposentadoria no futuro, e nossa atividade, que de fato é a nossa profissão, muitas vezes é enxergada como “bico” pelo simples fato de não ser formalizada.

Uma alternativa que vem se apresentando para que negócios possam ser formalizados é a figura do microempreendedor individual (MEI), que foi criada a partir da Lei Complementar 128/2008. Essa legislação permite que pessoas que trabalham por conta própria se legalizem como pequenos empresários, possibilitando o registro no CNPJ, o enquadramento no regime tributário Simples Nacional (acredite, isso facilita muito nossa vida como empreendedoras!) e um pagamento único de contribuição mensal, que abrange os tributos da atividade e previdência social do microempreendedor. A Receita Federal disponibiliza até um app pra celular específico para MEIs, que permite a apuração mensal da guia de pagamento, informações gerais e até testes de conhecimento sobre o tema.

São mais de 480 atividades profissionais que a legislação permite que se enquadrem nessa categoria (clique aqui para acessar a lista completa), tendo como referência o teto de R$ 60.000,00 por ano para receita bruta. É possível também ter um empregado contratado, que receba salário mínimo ou piso da categoria. Recentemente foi sancionado um projeto que amplia esse teto para R$ 81.000,00, que entrará em vigor em 2018 [saiba mais neste link].

A restrição que se apresenta é que a pessoa que se registrará como MEI não tenha participação em outra empresa como sócio ou titular. A atividade de trabalho, dependendo do ramo, pode ser desenvolvida em unidade móvel ou mesmo na sua casa, o que é muito importante para nós, mulheres, que temos buscado optar por atividades que permitam o home office, a fim de conciliar mais adequadamente vida pessoal e profissional. Se home office é um assunto que lhe interessa, faça uma pausa e escute nossa entrevista no podcast do Programa Café Empreendedor, no qual estivemos recentemente falando sobre o tema em um bate papo muito descontraído! [acesse aqui]

Que tal ouvir a opinião de quem se formalizou como MEI?

Para compreender melhor a importância do processo de formalização e as vantagens de se registrar como MEI, conversamos com a Iza Paula Pereira, membra da Rede Mulheres do Sul e proprietária da Quarteto Comunicação. A Iza contou pra gente que desde 2009 trabalha como autônoma, e que em 2014 formalizou-se como MEI por sentir a necessidade de fazer contribuições para o INSS e de ter alguns clientes que vieram procurar o trabalho da Quarteto, porém precisavam que fosse emitida nota fiscal de prestação de serviços, não bastando o tradicional recibo que é amplamente utilizado nos negócios não formalizados. Iza relata que os benefícios que a formalização trouxe para ela são perceptíveis. Segundo ela, “Quando tu estás legalizado, direitinho, com nota fiscal, CNPJ, se consegue abordar o cliente de outra forma. A partir do momento que decidi trabalhar por conta, que esse era o meu ramo e que era isso que eu quero mesmo, é preciso ter essa segurança, até mesmo para não trabalhar por muitos anos sem nenhum tipo de formalização”.

Ficou curiosa para saber mais sobre o tema? No dia 18/11, às 19h, estaremos transmitindo em nosso canal do Youtube uma entrevista com a Luciana Silveira, técnica do SEBRAE Sul, que vai tirar todas as nossas dúvidas sobre o tema e também dar algumas dicas para quem está buscando sua formalização ou já é cadastrada como MEI mas quer aprender um pouco mais. Para assistir, acesse: http://bit.ly/MESyoutube.

Aproveitando que estamos vivendo a Semana Global do Empreendedorismo, convido a todas para conhecer e prestigiar nossa programação especialmente preparada. Acesse nosso evento no Facebook [clique aqui] e fique por dentro. Temos eventos online, eventos presenciais e para fechar a Semana com chave de ouro, nosso café da manhã para mulheres no Café Aquários [saiba mais aqui]! Contamos com a sua participação!